94 pessoas presas por fraude e clonagem de cartões SIM para roubar dinheiro de bancos

malware na Internet não é a única preocupação com o nível de segurança dos usuários. De fato, existem “coisas” muito piores com consequências mais devastadoras. Neste artigo, falaremos sobre a troca de SIM, uma técnica que se tornou popular entre os cibercriminosos e que consiste basicamente em clonar o cartão SIM do cliente para receber suas mensagens. Entre eles, a autenticação de dois fatores (2FA) para acesso ao banco. Felizmente, a Polícia Nacional prendeu 94 pessoas por uma fraude de mais de meio milhão de euros cometida através da troca de SIM.

Uma operação conduzida por policiais da Polícia Nacional terminou com a prisão de 94 pessoas por fraude cometida usando o método de troca do SIM em diferentes municípios da Espanha. Conforme confirmado pela própria Polícia, é uma organização criminosa e cada uma dessas pessoas tem um papel diferente (falsificadores, muleteiros, lavadores de lucros …). Essa operação ocorreu durante a semana passada e os presos são acusados ​​de cometer supostos crimes de fraude continuada, lavagem de dinheiro, associação a um grupo criminoso e até falsificação e usurpação do estado civil.

Até 240.000 euros roubados de uma pessoa afetada

O golpe foi realizado da seguinte maneira. A primeira coisa foi obter os códigos de acesso ao banco on-line da vítima usando o método de phishing. Isso permitiu que os golpistas acessassem contas, mas não pôde operar devido à autenticação de dois fatores na forma de SMS para validar a operação.

Para se apossar das mensagens, eles clonaram ou duplicaram o cartão SIM do cliente, enganando os funcionários de uma loja telefônica com documentação falsificada. Isso representou a vítima e obteve uma cópia do cartão em seu celular. Graças a isso, eles poderiam receber mensagens do banco com as chaves necessárias para autorizar transações monetárias.

No total, os criminosos teriam roubado 504.800 euros , dos quais 240.000 são de uma única pessoa afetada. As detenções de 94 pessoas foram feitas nas províncias de Almeria, Baleares, Barcelona, ​​Burgos, Granada, Guipúzcoa, Corunha, Leão, Madri, Málaga, Múrcia, Salamanca, Santa Cruz de Tenerife e Valência.

Esta não é a primeira notícia de troca de SIM do ano. De fato, há algumas semanas, mais de 600.000 euros foram enganados com essa técnica. A Polícia Nacional, juntamente com os Mossos d’Esquadra, prendeu 10 homens em 9 de junho como supostos autores de crimes de fraude, falsificação de documentos, usurpação de estado civil, uso ilegítimo de cartões bancários e associação a um grupo criminoso.

05-08-2020 09:15:45